Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Fundadora do Grupo Pequeno Querubim emite nota de esclarecimento

Após inúmeras confusões nas redes sociais, envolvendo o Grupo Pequeno Querubim,  e os secretários da atual gestão do município de Luzilândia, a fundadora do grupo emite nota de esclarecimento e diz  que o grupo pode ter sido prejudicado com toda essa exposição.



"Eu Arielle Paiva, fundadora do Grupo Pequeno Querubim e idealizadora do Projeto Salvem o Rio Parnaíba, venho por meio desta esclarecer como tudo funciona depois das criticas destrutivas que meu grupo recebeu; criticas que nos ensinaram a seguir o caminho certo. Vivemos hoje num sistema que nos oprime, nos mostra uma realidade distorcida e nos mantem reféns de suas pretensões gananciosas.

Tem muitos acovardados protegidos por um sistema podre, corrupto e maldoso. Vamos desmascarar este sistema. Não vou me impor às correntes dos donos do poder, não quero ser uma marionete do sistema, quero liberdade para fazer o bem. O sistema quer calar a voz do meu grupo e nossas ações do bem.

Quero falar para os que ainda não conhecem este sistema, vamos lutar para desmascara-lo perante nossa sociedade aprisionada. Eles são como lobos vestidos de cordeiro. Mostrem suas verdadeiras faces. Os donos do poder não podem nos calar, se todos nós acordarmos das mentiras que somos vinculados nos meios de comunicações, pois todos eles fazem o serviço para eles.

Eles não querem o bem dos escravos, pois o bem dos escravos afetam as riquezas, porque são eles que ditam as ordens. Ate nossa comida, água e nossa saúde esta nas mãos deles. Portanto, para não sermos hipócritas, vamos lutar contra o sistema hipócrita. Não vamos desistir, cantaremos aos 4 ventos que eles mantem mentiras como verdades . Quando agente vai de contra mão do sistema, corremos o risco de morrer. Mas, não vamos desistir.

Nunca atacamos ninguém, nunca demos pressão para receber algo e nunca fomos á prefeitura para pedir emprego. Sobre a humildade, continuamos humildes. Agora quem não sabe o que é humildade entendera tudo errado. 

O Meio Ambiente pra mim, significa muito mais do que um simples rabisco no papel, é apresentar como projeto. Meio Ambiente pra mim significa vida; onde deixamos a arrogância de lado, e cuidamos do nosso lar. Lar, que nos últimos tempos está sendo torturado pela falta de respeito do ser humano. Vamos mudar isso". Conclui.

O grupo sempre passou por dificuldades,  mas segundo nos foi repassado pela fundadora, após a indicação de uma vereadora, Arielle Paiva foi a prefeitura solicitar ajuda, e foi recebida pelos assessores e pelo secretário de comunicação, que prometeram ajuda ao grupo, após um prazo e sem respostas, o grupo fez uma nova procura aos funcionários, quando foram alertados que estes estariam fazendo "pressão" e que não tinham humildade, em defesa aos argumentos, os membros do grupo responderam que, só se dar apoio quando se pode, se não podiam dar apoio ao grupo não deveriam ter feito falsas promessas.



Em consequência ao ocorrido, um turbilhão de postagens foram lançadas na rede, tanto por parte dos funcionários da prefeitura, quanto de pessoas que apoiam o grupo. Ainda segundo Arielle, o prefeito também foi procurado pelos membros, que chegou a prometer apoio e que iriam ajudar o grupo no que fosse preciso.  A fundadora chegou a postar em sua rede social que estaria se desligando da prefeitura de Luzilândia. Mas nos relatou que a decisão não partiu somente dela, e sim dos 12 membros do grupo.



O primeiro projeto que o grupo lançou foi o “Salve o Rio Parnaíba”, que teve como objetivo conscientizar a população a preservar o meio ambiente, principalmente a população ribeirinha, local onde se tem acumulo de lixo, o que transmite doenças, o projeto também visa limpar as margens do rio, após a conscientização das pessoas, irá ser feito o processo de arborização.



Recentemente o grupo lançou o projeto “Sorriso Aberto”, o mesmo visa levar higiene bucal para as crianças cadastradas no Assentamento Dilma Rousseff, parceiros já estão apoiando o projeto, um dentista estará adotando uma criança por vez pra estar realizando o tratamento odontológico, um mini congresso estará sendo realizado no período da pascoa, a maioria das ações do grupo ocorrem aos finais de semana, estão sendo concluídos os documentos para uma ONG voltada para atender crianças carentes e o meio ambiente, entre outras ações como quermesses e eventos sociais beneficentes à população carente farão parte do calendário do referido grupo.


Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.