Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Mudou somente o motivo; Moradores do DNOCS sofrem por falta d'água

Desde algum tempo quando se fala em falta d'água, ou problemas relacionados a ela vem a lembrança da região do Perímetro Irrigado Lagoas do Piauí- DNOCS, sendo uma das maiores potências hídricas da região, de um lado o Rio Parnaíba, do outro a Lagoa do Cajueiro localizado entre as cidades de Luzilândia e Joaquim Pires, esta vem sofrendo constantemente por falta deste recurso essencial à vida, antes eram problemas na encanação antiga ou na bomba,  na distribuição ocorreu inúmeras vezes. Chegando a passar dias, até mês sem água. 

"Você só sente a falta da água quando o poço seca"
(Provérbio popular)


A expressão acima não define a situação, pois dessa vez o motivo é outro, há exatamente 21 dias sem água em suas residências, por omissão ou retardamento ao pagamento dos talões, recurso este usado para suprir os débitos de energia da bomba, que capta a água e encaminha para o reservatório, moradores dos Conjuntos 30, 87 e 90 DNOCS, sofrem a falta d'água.

"Somente na próxima semana será quitado o segundo talão, são três, foi pago novembro, ainda tem dezembro e janeiro, e já chegou outro, mas já estamos tomando providencias, após ser pago o segundo talão, será feita uma negociação com o gerente da Eletrobras para a religação da energia. Sobre a cobrança aos devedores será feito um 'pente fino', uma equipe vai ficar responsável por esse trabalho. Não é justo as pessoas que estão em dias ficar sem água igual aos que estão devendo" Comentou Francisco Edilberto dos Santos Silva conhecido na região como Negro velho.

No seu quarto mandato, há 10 anos como presidente Negro Velho é o responsável pelas ações da Associação de Distrito Irrigado Lagoas do Piauí (ADILP) no DNOCS, um mandato de presidente da associação dura 02 anos, mas as vezes após esse prazo ainda passam alguns meses para se realizar uma nova assembléia. Responsabilidades como problemas na rede de encanação, queima de peça na bomba, cobranças entre outras são funções do presidente.

Segundo o presidente todas as pendências extras são conversadas e procuradas soluções cabíveis dentro das possibilidades a serem resolvidas, bem como a falta de verba pra mão de obra, algumas vezes são solicitadas ajudas ao poder publico municipal e estadual dependendo do caso.

Ao todo são 12 funcionários na associação, mas somente três trabalham ativamente, sendo que dos três apenas a secretária recebe meio salário minimo como remuneração, esta é responsável por fazer a prestação de contas de cada família cadastrada.

Ainda segundo o presidente tem famílias com seis, oito e até um ano em debito. Os valores dos três talões são de R$ 22,500, um de 8.300, outro de 7.195, e outro de 7.005. Estão cadastradas 530 famílias, no conjunto 90 das 150 famílias cadastradas somente 36 estavam em dia, no conjunto 87 ainda está sendo feita a relação para cobranças, mas são a grande maioria de famílias em dia, chegando a quase 95%, nas 30 não foi repassado informações sobre a quantidade de famílias em débito. 

Muitas das famílias quando vão ser notificadas dos débitos e da situação na qual se encontra o caixa da associação, alegam não ter dinheiro no momento , ou que ainda vão receber bolsa família, seguro pesca, ou outros, atrasando assim a quitação dos talões e prejudicando a população como um todo.

Quando procurada ajuda às pessoas do DNOCS ligadas a atual gestão do município, obteve-se a seguinte expressão:

-"Negro Velho eu acho bom que todo mundo pague, porque se não vai botar costume". Mesmo assim o presidente da ADILP foi atrás do prefeito, mas não conseguiu ate o momento falar com o mesmo.

E quando perguntado sobre a ajuda da Deputada Janainna sobre a nova rede de encanação e a perfuração de poços na região, o presidente respondeu:

-Ajudou sim, e tem ajudado sempre que pode. Está faltando somente à interligação da bomba, um flutuante, e a troca do transformador, e a interligação no reservatório, a rede esta pronta, já foi cobrado a Deputada Janainna Marques pra apressar a conclusão da nova rede de encanação, pois os talões estão vindo alterados por causa do sistema que não está ajudando, passávamos três dias pra encher o reservatório, forçando o bombeamento, dia e noite pra poder manter a água, gerando um debito altíssimo de energia.

Os talões sempre foram de 4,500 e 5,000 reais pra baixo, chegando a vir de 6,200, mais nesse valor de sete, e até oito mil nunca tinha vindo. Resultado disso foi o corte de energia da bomba. Com a rede nova terá um talão com menos custo, e a água chegará com mais facilidade nas casas, pois o reservatório irá encher em menor tempo. Afirmou.

Em relação aos poços recententemente perfurados, logo virá uma equipe, colocando a bomba e a caixa d'água, e canalizando aonde for preciso, nos Morrinhos as quinze famílias todas receberão água encanada em suas casas. Aqui DNOCS onde já existem as encanações vão apenas interligar a água do poço na rede já existente. Concluiu.


Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.