Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Polícia Federal prende bando do CE que fazia assaltos no norte do Piauí

A Polícia Federal cumpriu três dos cinco mandados de prisão resultantes da investigação de uma quadrilha acusada de praticar assaltos e arrombamentos a agências dos Correios na região de Piripiri. De acordo com o presidente do inquérito, delegado Reinaldo Camelo, foram cumpridos também oito mandados de busca e apreensão no Ceará e no Piauí. Dois dos acusados ainda estão foragidos. "A quadrilha agia durante a madrugada, arrombando as agências dos Correios, utilizando alavancas e pés-de-cabra. Os acusados são do Ceará, mas existe um grupo sendo investigado também no Piauí, tanto que três dos mandados de busca foram cumpridos aqui", declarou. O bando utilizava armas de grosso calibre e de origem estrangeira em suas ações. A Polícia Federal não divulgou o nome dos presos, mas informou que eles estão sendo recambiados das cidades de Capistrano e Quixadá e para Teresina ainda hoje, onde prestarão depoimento. "Há indícios de outros envolvidos, pessoas que estão sendo investigadas também por outros crimes. Estamos fazendo o mapeamento e descobrimos que os cearenses estão atuando no Piauí. Nosso objetivo é definir as quadrilhas que atuam no Estado. Outras prisões podem acontecer em breve", informou Reinaldo Camelo. O delegado acrescentou que os presos, uma mulher e dois homens, já têm antecedentes criminais por roubo, assalto e latrocínio. Origem A operação intitulada Sertão, teve como pontapé inicial a ação criminosa na cidade de Cocal (PI), que aconteceu no dia 31 de dezembro de 2012. Cinco indivíduos - quatro homens e uma mulher - renderam vigias com armas de grosso calibre. A partir daí foi dado início às investigações que contaram com o apoio da PF de Fortaleza. A Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio e ao Tráfico de Armas, da Superintendência de Polícia Federal no Piauí, deflagrou na manhã desta terça-feira (07) a Operação Sertão, com o objetivo de cumprir oito mandados de busca e apreensão e cinco mandados de prisão. As medidas foram cumpridas nas cidades de Teresina, Capistrano/CE, Quixadá/CE e Fortaleza/CE. Três mandados de prisão foram cumpridos, sendo que dois indivíduos permanecem foragidos. Os investigados pertencem a duas quadrilhas e atuaram nos roubos e arrombamentos à agências dos Correios no Piauí, nas cidades de São Miguel da Baixa Grande (27/01/2011), Cocal-PI (31/12/12), Boqueirão do Piauí (07/01/13), Brasileira (07/01/13), Cocal de Telha (07/01/13), Caraúbas do Piauí (08/01/13) e Pedro II (10/01/2013). Uma das quadrilhas estava sendo investigada há um ano, a outra há cerca de quatro meses. A Operação Sertão decorre de um trabalho de mapeamento de quadrilhas realizado pela Polícia Federal do Piauí, visando desarticular grupos armados que agem no interior do Piauí e reprimir as ações delitivas praticados contra os Correios.

Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.