Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Ministério Público e CIRETRAN, realizam apreensão de várias motocicletas em Magalhães de Almeida

Na manhã desta quarta-feira (22), vários Magalhenses e visitantes tiveram suas motocicletas apreendidas numa BLITZ realizada pelo CIRETRAN, juntamente com o Ministério Publico e a Policia Militar.



A operação iniciou às 07:00, em dois pontos distintos mais de muitos acessos no município de Magalhães. Um dos pontos de apreensão se manteve na Av. Francisco Tobias de Castro, no entrono do balão de Santo Antônio e foi um dos locais da operação, que manteve o maior numero de apreensões.



O outro local onde se manteve a Blitz foi no cruzamento da Rua Celestino Câmara com a principal avenida da cidade, à avenida Getúlio Vargas. O promotor do município Dr. Elano Aragão, e a diretora do CIRETRAN, Eney Pontes.

Segundo informações do agente de fiscalização Alan Almeida, os veículos apreendidos serão levados para ao patio do DETRAN da Regional de Chapadinha, onde passarão por processo de legalização.



As motos que tem emplacamento e estão com pagamentos irregulares, essas terão que regularizar os pagamentos de IPVA, para a retirada. Já, as que, ainda não foram emplacadas , o proprietário deverá se deslocar a SEFAZ (Secretária da Fazenda) de Chapadinha para regularizar o seguro e taxas e depois fazer o emplacamento no DENATRAN, apara terem a posse de suas motocicletas novamente.



As operações nos dois pontos da cidade reuniram um aglomerado de pessoas, entre eles muitos cidadãos revoltados com o sistema brusco da apreensão e translado dos veículos para o município de Chapadinha, no qual dificultará o resgate das motos aos seus respectivos proprietários. Um caminhão foi utilizado para levar as motos apos a apreensão.



Ainda, de acordo com o promotor DR. Elano Pereira e a diretora Eney Pontes, o município já vem sendo fiscalizado a meses e muitos informativos foram dados a população.




Fonte: Com informações do Blog do Eduardo Garcês e do Romerio Carvalho

Um comentário:

  1. A CIRETRAN está correta. O cidadão ao comprar um veículo automotor deve ter o conhecimento de que é obrigatório arcar com o pagamento dos impostos (IPVA, Licenciamento e Seguro DPVAT). O não pagamento das despesas acima mencionadas torna os proprietários de veículos automotores sujeitos a terem seus nomes inscritos na dívida ativa.
    A inadimplência dos proprietários dos veículos torna estes em situação irregular. Diante disso, muitos meliantes usam esses veículos irregulares para a prática de delitos. Diante do não recolhimento de tais despesas, o município perde verba, pois parte do dinheiro arrecadado com os impostos é transferido pelo Estado para o município onde o veículo está emplacado.

    ResponderExcluir

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.