Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

MESMO COM CIDADE "APAGADA" PREFEITA EMA INAUGURA "CHÁCARA DA OSTENTAÇÃO" DE MILHÕES.

Mesmo com cidade "apagada" prefeita Ema inaugura "chácara da ostentação" de milhões.
Muitos estranharam o fato de Luzilândia estar apagada nestes festejos, sem decoração. Uma cidade triste, muito diferente do que já foi há pouco tempo. Pois bem, decoração a cidade tem sim e muito bela, como a fantástica e deslumbrante ornamentação de uma chácara, padrão resort, que estaria avaliada mais de 3 milhões, obra espetacular para recreação de uma das mais polêmicas prefeitas do Brasil: Ema Flora. A obra de milhões foi construída durante seu mandato à frente da Prefeitura da cidade, uma comunidade paupérrima do interior do Piauí, onde a miséria da população se mistura com a ostentação de gestores que, de um tempo para cá, tem investido em grandes e suntuosos imóveis, como este das fotos.
As áreas de acomodações são espetaculares. Para cada membro da família um bangalô de luxo. Uma piscina surpreendente cerca as instalações que serve de descanso da vida tão atarefada da gestora. Uma rainha e seu mais novo palácio de glamour e jactância.
A propriedade, localizada em área nobre dos círculos rurais da cidade, na localidade São Gregório e cada m2 é puro esplendor. Uma construção que coloca qualquer "sítio de Atibaia" no bolso. É de uma grandeza e suntuosidade inimaginável, que faz por merecer cada milhão aplicado no espaço de lazer da prefeita, maridos, filhos e netos.
Em que pese a cidade de Luzilândia figurar entre as cidades mais destruídas pelas sucessivas calamidade administrativas, e a atual gestora do município se destacar como a "pior prefeita do Piauí",  com centenas de salários atrasados, fornecedores caloteados, dívida pública estratosférica e um reprovação inédita na administração, nada isso atinge o poder espetacular do grande Ema Flora, a rainha do dinheiro público.
Nada nem ninguém é capaz de barrar essa mulher. Seus dias são de glórias. O dinheiro brota em suas mãos de forma retumbante. Sua escalada rumo a posição de riqueza absoluta às custas, quiçá, de uma população pobre não respeita limites.
Desde que Luzilândia caiu em mãos erradas, a cidade experimenta esse tipo de situação: de um lado gestoras parrudos e endinheirados, doutro lado uma população sôfrega, humilhada, desamparada. Para coroar todos os absurdos, erguem-se palácios e mais palácios, sem nenhum impedimento, onde o que é a desgraça de uns vira a vida bela, luxuosa e abastarda de muitos figurões. E bote beleza neste cenário de ostentação.
Fonte: Portal Luzilândia.net

Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.