Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

O Que Você Não Deveria Jogar no Lixo

A regra hoje é simples: basta alguma coisa não funcionar perfeitamente como deveria ser e já surge uma ideia de mandá-la para o lixo. Não se sinta desfavorecido se isso não se aplica a sua realidade, se você remenda meias, cuecas e roupas, ou se sempre tenta dar um jeitinho antes de mandar alguma coisa para o lixo, pois é essa mentalidade que todo ser humano que habita o planeta Terra deveria ter, pois se assim fosse, seria mais saudável permanecer nele e mais fácil de salvá-lo. O grande problema do lixo é que ele não some, de fato, quando sai da sua casa, ele só vai parar em outro lugar e às vezes isso afeta indiretamente nossa saúde.

Óleo

Óleo
Óleo
Além do óleo do motor, há também o óleo de cozinha e desse quase não há como escapar, pois a maioria de nós o usa para cozinhar algum alimento e se ele for tratado de maneira imprópria, como despejado no ralo, pode atrapalhar o processo de tratamento de água e esgoto de empresas de saneamento. Para você ter noção: uma gota de óleo é capaz de poluir 30 litros de água. Quando ele é derramado no chão, surge outro problema, ele pode contaminar águas subterrâneas e não é uma boa ideia contaminar afluentes. A maneira correta de se livrar do óleo é levando-o para centros de reciclagem numa garrafa com tampa, oficina de carros ou postos de gasolina.

Tinta a óleo e tudo parecido

Tinta Óleo
Tinta Óleo
Isso vale para corantes, revestimentos, vernizes, tinta a óleo e removedores de tinta, que são muito perigosos, pois contem produtos químicos nocivos à saúde humana, animal e a biodiversidade em sua composição. Por isso, tente jamais jogar qualquer um desses produtos em ralos ou no lixo. Latas de tinta vazias, assim como os restos da mesma são um convite para a arte, se permita, se sinta mais criativo e faça algo proveitoso para você e para gerações futuras. Se possível, estoque as latas com cuidado ou as devolva. Você também pode doar para organizações e escolas.

Baterias e pilhas

Baterias e Pilhas
Baterias e Pilhas
Baterias de diferentes tipos também reservam para si mesmas diferentes destinos, só que nenhuma delas deve ser descartada no lixo comum e às vezes nem em lixeiras de reciclagem, já que depois vem o caminhão de lixo e as jogam na mesma caçamba, sem qualquer critério – isso não é uma regra geral, mas é a realidade de muitos municípios brasileiros. O correto seria se elas fossem destinadas direto para reciclagem, se você tiver disposição para fazer isso, o parabenizamos por sua consciência ambiental, mas como sabemos que não é uma tarefa tão cômoda, saiba que em algumas lojas há lixos especiais para pilhas. O motivo de tanto cuidado são os materiais corrosivos e tóxicos nela contidos.

Lâmpadas

Lâmpadas Fluorescentes
Lâmpadas Fluorescentes
Principalmente as fluorescentes, que contem pelo menos uns 5 mg de mercúrio nas partes minúsculas nela contidas. Essas partes podem vazar caso elas se quebrem e o pior é que os malefícios acontecem tanto quanto ele é aspirado quanto ingerido acidentalmente. Os sintomas normalmente são: nervosismo, mudanças de humor, agressividade, falhas de memória, fraqueza muscular, sangramento nas gengivas, insônia, dificuldade em prestar atenção e em casos mais extremos até demência. Já a contaminação por ingestão reserva efeitos desastrosos. Por isso não vacile, descarte-as em lugares que coletem lixo tóxico.

Termômetros

Termômetros
Termômetros
Novamente o mercúrio em pauta. Termômetros tradicionais costumam reservar quantidades que podem chegar a 500 mg de mercúrio e isso é um risco em potencial à saúde em caso de quebra, pois além do que você já leu anteriormente, há o risco para mulheres grávidas e também para crianças, pois podem prejudicar o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê e dos pequenos. O procedimento para o termômetro é o mesmo para as lâmpadas fluorescentes.

Aparelhos eletrônicos

Chip de Celular
Chip de Celular
A medida que a tecnologia avança e também as condições para comprar dispositivos eletrônicos vão se tornando mais viáveis surge um outro problema: o que fazer com o lixo eletrônico? Peças, componentes e até mesmo aparelhos inteiros que são descartados ao estarem com defeito e isso vale desde um pequeno chip de celular até mesmo um aparelho de televisão. Países do continente europeu e do norte da America produzem tanto lixo eletrônico que precisam mandá-lo para outros países. Normalmente há metais pesados como o chumbo e o cádmio nesses aparelhos, que podem contaminar agressivamente o meio ambiente. Optar pelo conserto ou doação desses aparelhos é a melhor solução, mas não caso de não haver solução, tente descartar de um jeito próprio, como em postos de coleta específicos, no caso de não haver um em sua cidade, procure uma loja de eletrônicos para ver o que eles podem fazer ou no último dos casos, tente vender como sucata.
Fonte tocadacotia.com.br

Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.