Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Giro Famosidades

Veto: Operadora de telefonia tira do ar comercial com Murilo Benício por ordem da Globo - 1 (© Reprodução)
Veto: Operadora de telefonia tira do ar comercial com Murilo Benício por ordem da Globo
 
 
Por FAMOSIDADES
RIO DE JANEIRO - A Globo vetou o comercial de uma operadora de telefonia celular estrelado pelo ator Murilo Benício. A peça publicitária, que estava sendo veiculada apenas pela internet, já foi retirada do ar pela empresa.
Na propaganda, Benício aparece em cena como se fosse o ex-jogador Tufão de “Avenida Brasil” e faz menção à traição de Carminha (Adriana Esteves). Na campanha, ele diz frases como "todo o Brasil já sabia” e “essas fotos eu já vi”.
No entanto, existe uma regra na emissora carioca que proíbe que se faça publicidade com personagens do canal.
O publicitário Roberto Justus, dono a agência VML – responsável pelo comercial, ficou decepcionado com sua equipe. “Talvez nosso pessoal tenha imaginado que na internet podia. Mas está claro que não pode. Sabemos de nossas responsabilidades e não violamos contratos com nossos parceiros”, disse ao jornal “Meio e Mensagem”.
Justus garantiu ainda que Benício e seu empresário foram consultados sobre a ideia e que ambos afirmaram não haver nenhum tipo de problema com o roteiro. “A ideia foi crescendo dentro da VML, acabou não passando pelas instâncias de controle do nosso grupo e foi levada ao cliente, que questionou se podia usar aquela abordagem”, explicou.
O comercial ficou no ar apenas 18 horas. Em seu lugar, foi postado um outro vídeo dizendo: “Quem viu, viu. Quem não viu, está desconectado".

Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.