Header Ads

“Por muitos anos, vimos os jornalistas brasileiros lidarem com várias questões relativas à insegurança, que vão desde grupos criminosos que tentam silenciá-los até empresários e autoridades públicas corruptas que discordam com aquilo que eles reportam”

- Hannah Storm, diretora do International News Safety Institute (INSI)

Medo de manifestações deve mudar roteiro do papa no Brasil

A menos de uma semana da chegada do papa Francisco ao Brasil para a Jornada Mundial da Juventude, o risco de manifestações de rua e a preocupação com a segurança devem alterar a agenda do pontífice no Rio. Os responsáveis pela proteção ao papa no Brasil - Abin (Agência Brasileira de Inteligência), Exército e Polícia Federal - discutem com a equipe do Vaticano alterações na programação para preservar a comitiva oficial e os fiéis que estarão na cidade.

A principal mudança envolve a solenidade de boas vindas a Francisco, com a presença do governador Sérgio Cabral e do prefeito Eduardo Paes, prevista para as 17h de segunda-feira no Palácio Guanabara, sede do governo fluminense. Policiais e militares entendem que o prédio não é seguro. Para o mesmo local, está programado encontro reservado do papa com a presidente Dilma Rousseff. O palácio é alvo de vários protestos e uma manifestação contra os gastos públicos no megaevento católico já foi convocada pelas redes sociais.

Nenhum comentário

Comente mas não aumente

Todos os direitos autorais reservados a Ricardo Valle. Tecnologia do Blogger.